01 março 2008

eescola

PT Comunicações um estado dentro do estado.
O programa novas tecnologias eescola resume-se a um contrato, a um crédito, um grande negócio entre as operadoras móveis e o governo.
Também devíamos de saber que ninguém não dá nada a ninguém
1. Teremos de estar vinculados á mesma empresa durante três anos, com a precariedade laboral existente;
2. Em três anos pagámos o portátil;
3. O serviço de internet é caro e com pouca qualidade.
Alargaram o programa eescola - grande negócio.

2 comentários:

Kruzes Kanhoto disse...

Esta malta não está cá para perder. Neste programa ou se é um aluno carenciado ou das novas oportunidades senão não vale a pena.

Joao disse...

Pois é, mais um projecto à moda de Portugal. Niguem dá nada de graça.