27 janeiro 2012

Resgate financeiro para uns e austeridade para outros.


        O que mais me incomoda e espanta nos resgates financeiros e nos planos de austeridade , que são sobretudo consequências de má governação da coisa pública, é que ninguém devolve dinheiro, ninguém vai preso, ninguém comete suicídio e mesmo homicídio.
        De BPNs, a empresas públicas  a governos nacionais e regionais e os próximos serão a câmaras municipais a pedirem mais dinheiro para os políticos e austeridade para o povo.
       O Povo será mesmo sereno?

" É apenas fumaça"