29 novembro 2011

Sei um ninho.
E o ninho tem um ovo.
E o ovo, redondinho,
Tem lá dentro um passarinho
Novo.

Mas escusam de me atentar:
Nem o tiro, nem o ensino.
Quero ser um bom menino
E guardar
Este segredo comigo.
E ter depois um amigo
Que faça o pino
a voar .

Miguel Torga 1907-1995

Pois, ando desiludido com o mundo em particular, mas com a vida em geral não.

7 comentários:

Rogério Pereira disse...

A beleza das palavras simples...

(Gostei de saber
de não ser
um desiludido da vida)

Catarina Reis disse...

Bem bonito. Um beijo Manje

TERESA SANTOS disse...

Miguel Torga e a sua magnifica singeleza!

Desiludidos com a vida?
É difícil não estar, mas...
... a vida continua.

Janita disse...

Já conhecia este poema do grande dramaturgo e poeta Torga, que por sinal também era médico.
Lê-lo aqui, inserido no contexto do teu post, foi para mim uma emoção. Obrigada!
Beijinhos

♪ Sil disse...

Simplesmente lindooo seu blog!

Um abraço!

FMF disse...

Excelente poema.
Excelente reflexão final.

Canto da Boca disse...

(Só não podemos sucumbir, estarmos desiludidos, tristes, é bem compreensível, mas não a vida toda, não merecemos!)

;)

P.S.
Não consigo "te seguir"...
:(