29 abril 2011

Casamento real a nu

Hoje por todo o lado que andava era só o casamento real , até os republicanos, que já mataram reis babavam-se. Penso que na Libia de kadafi pararam os conflitos para ver o casamento surreal e mesmo os miúdos em África fizeram um longo intervalo, deixando de comer, para assistir ao momento cavaleiresco. Sem dúvida.


Depois peguei no comando, passando nos canais de televisão, lá estava o real casamento dos Ingleses em directo, com enviados especiais, comentadores , analistas em quase todos os canais. Milhões e milhões de telespectadores, menos eu, a delirarem com um casamento teatralizado pelo capitalismo jornalístico.

E para mostrar que não sou sempre do contra, prometo que com toda a promiscuidade aguçada e com todo o espírito perverso do mundo, vou ligar, à noite, o canal Playboy para ver a lua-de-mel dos recém-casado.

6 comentários:

amsf disse...

Ai guilhotina...ai guilhotina!

A verdade é que a culpa não é do casal mas dos milhões de alianadas que os seguem...

Tulipa disse...

Querias ;)

Fê-blue bird disse...

Só falta ver a noite de núpcias em directo :))
Ainda há gente que acredita em contos de fadas, afinal nem tudo está perdido :))

Bjos

M. disse...

lol Esperto!!! Vou já por a gravar...

Já agora: queres ver o casal ou a rainha?

lol

Catarina Reis disse...

Pois o casal na Playboy isso é que seria um acontecimento... mas tens razão o mundo fica cego com tantos milhões. Beijos

Campista selvagem disse...

afinal ouve ou não cenas em directo, creio que sim pela montagem.