15 março 2010

Citrinos: laranja, limão...

A norma estatutária que pune os militantes que usam criticar a direcção até sessenta dias antes da eleições foi aprovada, mas nenhum dos candidatos a lider do PSD concorda.


É uma norma criada para que se critique a própria norma antes dos dois meses das eleições, porque já não há nada para criar.

Estando já os partidos políticos ocos e sem nada para dizerem, criaram esta brincadeira de auto-flagelação, que consiste em bater na casca.

A violência nas escolas, o aumento do desemprego, a justiça que nem ata nem desata, o endividamento das famílias, as dificuldades dos agricultores, os lucros da banca, GALP, PT e EDP e o congelamento dos salários são problemas que se passam no Chile, devido ao terramoto.

3 comentários:

Tulipa disse...

É uma espécie de sadomasoquismo partidário…a seguir, vão iniciar-se no swing ;)kisses

Ferreira-Pinto disse...

Eu tenho cá uma teoria que explica a aprovação da coisa: o edil das Caldas da Rainha discursava e alguém lhe ofereceu um copo de água, tendo ele replicado "tragam-me é um copo de vinho!".

Isto dos edis já se sabe como é, têm sempre diligentes assessores que, se bem o pensaram, melhor o fizeram.
Puseram-se a abrir garrafas de tinto ... aquilo mais copo, menos copo ... e depois começaram para ali a ver tanta rolha pelo chão ... eis quando não um grita "cuidado com a rlolha" e o Pedro para brilhar logo pensou "proponho já a lei da dita cuja!"

Anónimo disse...

Política e Pai Natal:
Que tem estes 2 em comum?
- Só as crianças e tolos acreditam neles...
Os limões curam e as "laranjas de manhã é ouro, de tarde prata e á noite mata!"
MFCC