07 junho 2007

Não tenho tempo.


“Não tenho tempo”

A desculpa mais esfarrapada que pode haver à face da terra é esta: “ não tenho tempo”. Quando dizemos que não temos tempo é porque talvez tenhamos uma vida muito ocupada, cheia de trabalho, reuniões, compromissos, deslocações para aqui e para ali. Estamos sempre atrasados, cheios de pressa, com um alto nível de stress e não podemos perder tempo. Parece que está na moda não ter tempo, faz-nos sentir ocupados, talvez úteis e importantes.
Quantas vezes acordamos e delimitamos as nossas tarefas para o dia ; quantas vezes programamos mil e uma coisa para fazer nas férias; e os fins-de-semana que começamos a planificar coisas já para a sexta à noite. E depois? Chegamos ao fim do dia e não fizemos nada e afirmámos com toda a convicção que o próximo dia será diferente. E no fim-de-semana aproveitamos a sexta para descansar, ver televisão por exemplo, chegando ao domingo de tarde surge o tédio pelo fim de semana que lá se foi e amanha é já dia de trabalho. E quando regressamos de férias e começamos a pensar no que iremos dizer a quem nos perguntar: o que fizeste nas férias?.
E por último, quando já não temos efectivamente tempo, somos já menos jovens, pensamos na nossa vida e cantamos: Oh tempo volta para trás…

3 comentários:

Anónimo disse...

Hey viva, este post tem muito a ver comigo pois muitas vezes kdo me pedem algo eu digo sempre nao tenho tempo... lool so pa enganar

lindinho disse...

podes krer
pelo menos é democratico
24 h por dia para todos

Anónimo disse...

Eu tenho tempo, porque o tempo é o meu maior aliado, quando não há tempo, para não ter tempo, para fugir ás pessoas, que queremos fugir.
Sejamos sinceros:
quando queremos TEMPO, temos todo o tempo, mesmo com horários sobrecarregados, deixem-se de ver programas deprimentes da Tv e estejam a dialogar com quem gostam, não fujam do tempo... Porque a grande realidade é que ele não existe!
Nós é que o inventamos para explicar o inexplicavel: a divisão do Tempo e espaço...em Tempo!
MFCC