12 abril 2012

Nome, Ordenado

     Alguém devia de fazer um Despacho Normativo que obrigasse a quem fala e escreve nos meios de comunicação social: deste apresentadores de televisão, comentadores, gestores, políticos e outros opinadores em geral a se apresentarem em nota de rodapé com o nome seguido do ordenado. A legitimidade de formar a opinião publica, em tempos difíceis e de injustiças,  deveria  de obrigar a muitos hipócritas, para não chamar outro nome,  a revelarem quanto ganham antes abrirem a boca sobre isto ou sobre aquilo.
    Exemplificando:
      Maria Antonieta, 495 euros

9 comentários:

Rogério Pereira disse...

e já agora o saldo bancário, não é por nada, mas muito passa ao lado do salário

acácia rubra disse...

De acordo, sem reservas.

Beijo

acácia rubra disse...

Voltei.

É que depois pus-me a pensar que o povo português quando vê um burro bem albardado pensa logo que é um cavalo.
Logo, o ordenado poderia induzir ao erro. É só vermos quem temos como governantes - apresentam-se como cavalos e são, na realidade uns grandes asnos...

Beijo

Janita disse...

Pois, isso é que seria falar legitimamente com transparência total!
Mas não Mangí, cá no nosso burgo é tudo feito debaixo dos panos.

Obrigada! Um dia destes tens-me aí no teu correio.

Beijinhos,
tem um bom fim-de-semana.

mfc disse...

Assino já por baixo...

Tio do Algarve disse...

Excelente ideia!

Janita disse...

Bom fim de semana, Mangí!

Beijinhos.

Fê-blue bird disse...

Tem o meu voto!
Teríamos muitas surpresas!


beijinhos

Janita disse...

Então Mangí, está tudo bem contigo?
Cá estou a desejar-te mais um bom fim de semana e, desta vez, um bom feriado do 1º de Maio.
Quando é que apareces?

Beijinhos.