06 maio 2009

acabou-se II


Também não dou dinheiro às instituições que lutam contra doenças, quando os Estados em vez de garantirem o direito á saúde, garantem é verbas para instituições que vivem acima da média nacional, vivem à grande e à francesa, como os bancos, clubes e outros. Além disto, observo as industrias farmacêuticas e instituições de saúde privadas a ganharem cada vez mais.
Acabou-se.

4 comentários:

Scherzan disse...

Subscrevo inteiramente. Para mais quando a maior parte dessas instituições são de facto falsas e o dinheiro misteriosamente desaparece.
Também Bancos Alimentares e associações de recolha de produtos merecem o meu desprezo. Toda gente sabe que na frente estão as tiazorras que por alturas do Natal fazem a sua ceia com produtos doados pela generosidade do povo.
Triste país.

Anónimo disse...

Tudo isto é verdade!
E quem paga as facturas?
Zé povinho (todos nós)!
Por isso nem sei se vou votar...
Porque não CONFIO em ninguém e muito menos na BOA VONTADE desses alguéns...
MFCC

Anónimo disse...

P.S. - Então não se limpa esse cacho?
- As pontas de "charuto" querem-se limpas, está na maturação certa, deixar passar mais tempo já é complicado...
MFCC

Célia Pitta disse...

Dessas Instituições muito há para dizer ! Por mim acabavam-se os €€ para essas instituições e passo a explicar o porquê.. No Natal passado organizei uma recolha de fundos, roupas e brinquedos e escolhi uma serie de Instituições para Entregar essa mesma Recolha.. A Necessidade era tanta que as Instituições receberam os €€ e os brinquedos e roupas ( algumas novas ) ficaram em caixotes à espera que alguém os viesse buscar..Enervou-me tanto, mas tanto que prometi a mim mesma que nunca mais fazia nada igual !